Quem somos

 


"A Sweet Care nasceu de um ato de amor."

 

Com o lema "Carinho e Cuidados para a Terceira Idade", a enfermeira especialista Mônica está oferecendo às famílias, a possibilidade de se ter num só lugar, o carinho, essencial no trato com pessoas fragilizadas, e o preparo técnico que só o profissional de saúde pode dispor.

A infra-estrutura montada na Rua Marechal Deodoro, 2554, Ribeirão Preto-SP, foi projetada para criar um ambiente tranquilo e agradável, onde as pessoas hospedadas sintam-se amparadas e respeitadas.

A Sweet Care também inova ao segmentar seu público-alvo. A instituição pretende acolher somente senhoras, promovendo um ambiente de dignidade, onde o resguardo da privacidade das idosas convalescentes é prioridade. A enfermeira Mônica, especialista em Programa de Saúde da Família, ressalta: "todas as normas sanitárias e de segurança foram observadas em nossa instituição, e ainda assim, não se tem a impressão de estar numa clínica, a impressão que se tem é que se está em casa, pois é um local muito acolhedor".

Ela também destaca a preocupação da instituição com o tratamento das pessoas com mobilidade reduzida ou dependentes: "as pessoas que necessitam de amparo ou estejam em cadeira de rodas ou acamadas, precisam sentir que estão em um ambiente amigável, onde sua condição não é um problema, pois estamos preparadas para oferecer a elas todo o conforto e privacidade que elas desejam e merecem".

Foi desenvolvido um sistema de contato via internet, onde os familiares poderão acessar a imagem ao vivo do ambiente da instituição 24 horas. E está em desenvolvimento um sistema de acompanhamento via internet de todo o relatório de enfermagem, estoque de remédios, além de dicas, informativos, eventos, etc.

Uma nova família nasceu em Ribeirão. Venha conhecer!

 

Como a Sweet Care nasceu

Ela acordou cedo, como de costume. Morava sozinha, os filhos criados, gostava de ter seu "cantinho". Não queria dar trabalho pra ninguém. Tomou banho, vestiu-se e foi à padaria, como fazia todos os dias, religiosamente.

Enquanto isso, do outro lado da cidade, seu filho "do meio" preparava-se para sair para o trabalho, quando tocou o telefone. Era uma amiga, vizinha de sua mãe, dizendo que ela fora encontrada por uma pessoa que a reconheceu, andando sem rumo pela rua, desorientada, sem lembrar-se de onde morava. Ele assustou-se e custou a acreditar que sua mãe, sempre tão independente, pudesse ter esse tipo de problema. Conversou com a família, que também não acreditou que fosse algo permanente. "Vamos esperar para ver. Deve ter sido um episódio isolado". Mas não foi. Ela começou a ter perdas de memória cada vez mais frequentes, alucinações, confusões mentais, irritação, depressão.

Começava aí, uma penosa batalha contra o mal de Alzheimer, doença degenerativa, frequentemente confundida com demência senil, porém muito mais grave. A família percebeu, então, que a antes vigorosa senhora não tinha mais condições de se manter. Precisava de cuidados. Uma nora se ofereceu. "Ela vai morar comigo". A família concordou. Mas, em poucos meses, ao invés da sogra melhorar, a nora adoeceu.

Não é possível cuidar da alienação mental sem preparo técnico. O desgaste é imenso, o envolvimento emocional confunde as ações, a família acaba sendo sacrificada e o doente só piora. "Vamos ter que procurar uma casa para idosos". A comunicação do "irmão mais velho" chocou a todos. "Imagina! Ela tem que ficar na família!" Tentaram. Mas a família começou a despedaçar-se.

Visitaram, então, diversas instituições para idosos, nenhuma satisfazendo ao que todos esperavam encontrar para a querida idosa: um segundo lar. Foi quando outra nora decidiu: "Se não existe o que procuramos, então vamos, nós mesmos, criar tal instituição".

E assim nasceu a Sweet Care.

Comunicado:
Faleceu em 09/02/11 nossa querida D. Sebastiana, amada mãe e inspiradora desta casa. Agradecemos a todos por suas orações. Monica e Alexandre

 

 

Voltar